10 coisas surpreendentes sobre a França

Quando falamos de França, imaginamo-nos imediatamente a passear à volta da Torre Eiffel com uma baguete debaixo do braço, a ouvir canções de Edith Piaf e a usar uma boina. Pegue num copo de vinho e num pedaço de queijo e desfrute de uma pausa de leitura à francesa!

1. Sabes qual é a origem da palavra “França”?

O nome França vem do latim “Francia”, que significa “Terra dos Francos”. Os francos eram guerreiros que dominaram o norte da Europa e conquistaram a Gália (nome da França antes de ser conquistada pelos francos) no início do século VI. Assim, podemos dizer “Vive la France”, mas também “Vive la Gaule”!

2. Escolher o fuso horário em França é complicado! Porquê?

Porque a França tem o maior número de fusos horários do mundo, graças aos seus territórios ultramarinos (12 fusos horários diferentes). Ultrapassa mesmo os Estados Unidos, que têm 10, e a Rússia, que tem 9.

3. O sinal de trânsito “STOP”, uma raridade em Paris!

É espantoso, mas é verdade, que até 2012 só havia um sinal de “STOP” em toda a cidade de Paris. A placa estava situada à saída de uma empresa de materiais de construção no Quai Saint-Exupéry, no 16º arrondissement. Agora já percebemos porque é que o trânsito é tão difícil em Paris!

4. Enviar uma mensagem por pombo-correio? Ainda é possível em França!

O exército francês ainda tem pombos-correio nas suas fileiras. Os pombos são mantidos em Mont Valérien, perto de Paris, e podem ser utilizados para efetuar transmissões em caso de catástrofe de grandes proporções. É sempre um suspense se a mensagem chega ou não ao seu destino!

5. Autocarros ou “autocarros de cinco cêntimos”?

A França foi pioneira nos transportes públicos, pelo que foi o primeiro país a introduzi-los. Na década de 1660, não havia autocarros ou táxis, apenas “carruagens de cinco cêntimos”. Trata-se de um sistema de carruagens que circulam a horas fixas nos trajectos que ligam os diferentes bairros de Paris. Este conceito foi desenvolvido pelo filósofo e matemático Blaise Pascal.

6. Semáforo vermelho ou rotunda?

A França detém o recorde mundial do número de rotundas. Existem 30.000, ou seja, mais de metade das rotundas do mundo. O que prefere, semáforos ou rotundas? Para não falar das rotundas duplas ….

7. O município Y

Sim, existe uma comuna assim em França! É a comuna francesa com o nome mais curto e situa-se no Somme. Adivinha como se chamam os seus habitantes! Ypsilonianos!

8. O reinado mais curto de um rei em França é de apenas 20 minutos!

Luís XIX ou Louis-Antoine d’Artois tornou-se rei de França em 1830. Viva o Rei, mas não por muito tempo! Pouco seguro de si, Luís XIX renunciou ao trono ao fim de 20 minutos, cedendo-o ao seu sobrinho Henri d’Artois. Durou pouco mais de….7 dias!

9. O país da baguete

Em França, comemos muitas baguetes – digamos que são consumidas 10 mil milhões por dia, ou seja, 320 por segundo. Existe mesmo uma lei que especifica que uma baguete francesa tradicional deve conter apenas farinha, água, fermento e sal. Bom apetite!

10. Napoleão não era exatamente pequeno!

O Petit Caporal tinha, de facto, 1,70 m de altura, a altura média de um europeu. Era considerado pequeno porque os seus soldados eram mais altos do que ele, com cerca de 1,73 m, e usavam bonés de pelo com 30 centímetros de altura. Este mito foi também alimentado pelo inimigo britânico, que queria desacreditar Napoleão.

A sua pequena viagem por França termina aqui, mas as coisas fantásticas não! Ainda há muito para descobrir e é melhor visitá-lo o mais cedo possível. Viva a França! Venha descobrir se estes mitos são verdadeiros e junte-se ao #AB2PROTEAM.

Estes artigos também podem ser de interesse para si

Como é celebrado o Natal em França?

As celebrações de Natal são muito importantes em França, razão pela qual cada região tem os seus próprios costumes que estão profundamente enr...

Leia mais
Uploading